Rosane Fetter
Educar com amor para transformar vidas!
Capa Textos Áudios E-books Perfil Livros à Venda Livro de Visitas Contato
Textos
Cadê o brilho no olhar?
Um perfume, o aroma sútil de tantas lembranças
Um despertar, dentro das possibilidades, escolher
Uma faixa, uma dança, uma flor, muitas crianças
Brincadeiras sem fim, muitas vezes sem saber....

Tudo corria para o bem daquele que era invencível
Tudo quisera ser um infinito agudo de vibrações
Tudo se destacava no brilho do olhar, inesquecível
Indiscreto, sensível, ressoava no tilintar de corações....

Mas vocês não podem sentir o mesmo clamor, num resto de emoções
Não podem ver o mesmo semblante, pesado, num rasgo de ilusões
Que resiste no pensamento sofrido, a rigor do tempo imprevisto
Tudo permanece amargurado, condensado, num vento, no abismo...

Cadê você neste breu de ilusões? A saudade é persistente
Cadê aquele momento imprevisto? Um tempo no passado
Cadê a vida tão sonhada, almejada? Uma tentativa de voar
Cadê o brilho no olhar? Um viver na tarde de verão a sonhar
Uma vida que escorreu devagar pelo vão da porta resistente...
Rosane Fetter
Enviado por Rosane Fetter em 08/03/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Comentários