Textos

CORES DA VIDA
Tinta vermelha, amarela
Vão pintando sem saber
Que aquela criança
Um dia vai crescer.

Descobrir, acreditar
Alegrias vão a mil
A camiseta, vai pegar
As cores sem combinar.

O sorriso feito brinco
Voltas e mais voltas
Com seus sonhos
De magias e gnomos.

Brincando com o tronco
Fazendo casa na mata
Subindo e descendo os ninhos
Sem parar por um instante.

Não percebe a borboleta
Branca, linda, estonteante
Que pousou na violeta
Viva, colorida e fugáz
Frágil e furtacor.

Olhar para o girassol
As cores a bailar, chafaris
Então aparece o sol
Da risada espontânea
Daquela criança feliz.
Rosane Fetter
Enviado por Rosane Fetter em 23/10/2008
Alterado em 23/10/2008
Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários