Textos

O TUBARÃO
AUDY ALVES DE AZEVEDO NETO

    Em um dia normal, um adulto e dois adolescentes foram à praia, não era uma praia normal, era um lugar bonito e ninguém nunca havia visto algum bicho selvagem por ali dentro da água ou fora dela.
    Eles gostavam muito de nadar e surfar, pois viviam viajando para lugares diferentes em campeonatos pelo mundo afora e já tinham recebido muitos prêmios. Então chegou a  hora das classificações do campeonato, o Araújo falou:
    - Em seus lugares, preparar, apontar e já...(bam) ouviu-se o estampido da largada.
    Todos os  participantes começaram a entrar na água, as ondas estavam vindo depressa demais. No meio de uma bateria, onde estavam alguns surfistas chegou um tubarão branco imenso e com sua fúria devorou um surfista.
    Apavorados quem pode saiu rapidamente do mar, porém, Augusto (adulto), Júlio e Marcos não perceberam o tubarão vindo na direção deles. Augusto que estava atrás deles viu as barbatanas e avisou aos outros.
    Saíram juntos deste sufoco, entraram no carro, para pegar armas específicas que eles tinham.
    Que surfistas premiados que não tem armas no carro, ou quem trás uma arma específica? Nossos heróis que foram espertos e viram antes de chegar à praia que pessoas daquela região diziam para ter cuidado pois tinha tubarões, então Julio disparou um tiro certeiro na barbatana e afugentou o tubarão, Marcos atirou na cauda e Augusto no olho. O tubarão morreu alguns minutos depois.
    
Rosane Fetter
Enviado por Rosane Fetter em 20/11/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários